Cafés agroecológicos da Chapada Diamantina

Organização proponente: Cooperbio (Cooperativa de produtores orgânicos e biodinâmicos da Chapada Diamantina)

O que é

A Bahia figura entre os estados de destaque nacional em termos de produção de café. Em função de adversidades climáticas recentes, a COOPERBIO implementou ações para fortalecer os agricultores familiares por meio do incentivo à produção agroecológica, uma estratégia importante de adaptação à mudança do clima.

A iniciativa Cafés Agroecológicos da Chapada Diamantina tem como objetivo melhorar a produção orgânica e agroecológica dos pequenos produtores da região, por meio do manejo integrado de culturas, seleção de sementes e aumento da diversidade agrícola com árvores frutíferas locais.

As atividades são direcionadas para a melhoria da qualidade do café e seleção das variedades mais resilientes de agricultores dos municípios de Abaira, Piatã e Seabra.

Destaques

Desde o início de sua implementação, em 2015, já foram mais de 180 agricultores beneficiados, com presença em oficinas, capacitações em processo de colheita e pós-colheita e visitas de acompanhamento técnico.

Para a melhoria dos cafés produzidos, a cooperativa recebeu a instalação de um laboratório de classificação e prova de cafés, com gestão feita por um grupo de seis jovens da comunidade, filhos e filhas dos cooperados. As capacitações dos jovens foram realizadas em parceria com a torrefadora Wolff Café.
Em função dos esforços para a melhoria da qualidade do café, a COOPERBIO obteve resultados significativos, com o preço do café chegando até a 300% do preço praticado no mercado local.

Contato: Brígida Salgado – brigidasalgado@gmail.com